terça-feira, 19 de junho de 2018

Professor Tira Licença Médica E Aparece Na Rússia Vendo A Copa

Secretaria De Educação Confirma O Atestado Médico, Mas Garante Que As Informações De Saúde São Sigilosas.Ninguém fala sobre outra coisa na Escola Estadual Alcyone Moraes De Castro Vellozo, na Cidade Industrial de Curitiba. Alunos e o corpo docente estão alvoroçados com a descoberta de que o professor de História – afastado para tratamento médico – está na Rússia para acompanhar os jogos da Copa do Mundo 2018. Norberto Pilon é professor da rede pública de ensino há 22 anos e foi afastado por dois meses por que pediu licença médica. Os comentários na escola começaram a surgir na semana anterior ao início da Copa do Mundo, quando alunos viram por meio das redes sociais que o professor de História estava viajando para a Rússia, no último dia 9. Um aluno matriculado pelo Ensino de Jovens e Adultos (EJA) disse à Banda B que todos estão comentando sobre a viagem do professor, em pleno ano letivo. “Acho injusto porque o pessoal está lá, mesmo com Copa, estudando, trabalhando o dia todo, correndo atrás das coisas, tendo aula, e o professor pega um atestado para ir para a Copa. Mesmo com Copa, ele tinha que cumprir o horário dele, é injusto até com outros professores e ele lá tranquilão pelo Facebook”, disse o aluno, que pediu para não ser identificado com medo de represália. Na página pessoal do professor afastado não há fotos postadas por ele na Rússia. O diário de bordo das fotos acontece em um grupo público criado por um amigo do professor, que faz as marcações das fotos. “Ele não posta nada, só o amigo marcando ele. Depois que a gente viu que ele estava lá, fomos perguntar para o diretor e todos disseram que ele estava de atestado, mas ninguém disse a doença”, finalizou o aluno. (FONTE Banda B)

sexta-feira, 8 de junho de 2018

Tartaruga é encontrada morta na praia de Itapoá Santa Catarina.

"Vim uma tartaruga morta resolvi registrar pouco depois das 10:00. Não sei como indicificar a espécie tinha uma perfuração próximo da garganta.

segunda-feira, 28 de maio de 2018

Protesto dos caminhoneiros em Itapoá SC chega ao 7º dia com manifestações.

Fim da greve? "Saiu no 'Diário Oficial', a nossa recomendação é que aceitem [as propostas e liberem as estradas]", afirmou Carlos Alberto Litti Dahmer, presidente do Sindicato dos Transportadores Autônomos de Carga (Sinditac) de Ijuí (RS). "Eles [caminhoneiros] só vão aceitar [o acordo proposto pelo governo] após saírem publicadas no 'Diário Oficial' as medidas que foram negociadas aqui", disse José da Fonseca Lopes, presidente da Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam), uma das entidades que não tinham assinado o acordo na quinta-feira (24)